31/01/2016
por Douglas Vasquez
comentários

Photo via Visualhunt.com

Você já ouviu falar em Newsletters, certo?

Tenho certeza que sim, afinal, eu sei que você é inscrito na que tem aí no cantinho do blog – e se não for, vou te convencer a se inscrever até o fim deste post. Mas caso você seja too cool for this e não conheça, vou te explicar bem direitinho como funciona. Sigam-me os bons!

Eu sou uma pessoa que é apaixonada por e-mails. Sério. A minha caixa de entrada é toda organizadinha, com pastinhas e categorias para cada tipo de e-mail que eu recebo. Eu abro diariamente, leio, deleto o que for desnecessário guardar e arquivo aquilo que é pra ficar no coração. Mas essa semana eu descobri uma face diferente do mundo das Newsletters que eu nem sabia que era trend e tá me deixando ansioso a cada notificação de e-mail que eu recebo. Eu adoro receber e responder e-mails, e se você também é assim, saiba que eu já te amo, meu caro leitor!

Newsletter é um meio utilizado por blogueiros e aqueles sites de compras que todo mundo usa uma vez na vida (ou várias), tipo Saraiva e Amazon, que você se inscreve e recebe em seu e-mail novidades de produtos – no caso das lojas virtuais – e avisos de posts novos e etc, no caso de blogueiros como eu. Essa era a finalidade da minha Newsletter quando criei há meses atrás. Juntar uma galerinha interessada em receber posts antecipados e updates sobre o blog em que você está semanalmente (ou quando me desse na telha, pra ser franco) e aos poucos ir criando uma tribo unida pra mandar muitos abraços virtuais. Um pouco mais de uma dezena se inscreveu aí no cantinho, o que é awesome, meu amigo e eu prometi que ia só mandar coisa interessante. Não mandei nada, na verdade só agora, mas enfim…

Acontece que as tais newsletters estão totalmente in agora e estão sendo utilizadas de uma outra forma, mais íntima e pessoal, que muito me agrada. A Anna Vitória explicou nesse post super didático, o que é melhor do que eu jamais poderia, então eu sugiro que você vá até o cantinho dela ler – e leve uma xícara de chá contigo – pra ficar mais por dentro do movimento.

Basicamente, é uma forma de receber e-mails com conteúdo específico e num tom de amizade da pessoa em que você se inscreveu, “às vezes a pessoa escreve sobre algo que aconteceu naquele dia, uma crônica, resumo da semana, compartilha links legais e faz algumas reflexões. Quase como, ou exatamente como, um blog pessoal, desses old school que todo mundo adora dizer que estão morrendo“, parafraseando a querida Anna. Praticamente uma coluna semanal, sacou?

Mas ué, Douglas, se o intuito é postar crônicas e reflexões, por que você não faz isso aqui mesmo no blog? Aí é que está. Na real, não tem motivo nenhum pra não postar aqui no meu cantinho clichê, mas eu que sou mesmo uma maria-vai-com-as-outras lendo tantas newsletters legais, também quis fazer igual. Afinal, que mal tem espelhar um pouco mais sobre a minha vida nem tão interessante na sua vida tão mais interessante do que a minha?

Eu jamais trocaria o conteúdo do blog para um conteúdo de newsletter. Continuarei aqui como foco principal, com todas as pautas mais importantes, resenhas e etc etc etc, como sempre será! A internet virou um mundão sem dono, crescendo a cada dia – assisti o filme “Her” outro dia e muito me abriu os olhos, mas isso é um causo que deixarei para newsletter – onde todo o conteúdo é jogado na sua cara e sua página na webs está disponível para qualquer pessoa e na newsletter eu posso ter mais controle de quem lê o que eu escrevo.

Eu poderei e irei contar coisas mais despreocupadas, coisas que não seriam interessantes deixar por aqui, coisas que eu contaria para meus amigos e depois riríamos (ou choraríamos porque é isso o que fazemos) e logo ficaria por isso mesmo. Algo mais jogado e descontraído. E o bom disso tudo, qual é? Você que está lendo poderia me responder com uma cartinha virtual (que é muito amor) e nós iriamos bater um bom papo sobre qualquer coisa que você quiser ou for tópico da quinzena.

Aliás, semanal ou quinzenal, eu não sei ainda. Vamos combinar que eu não sou bom em periodicidade e vamos ver no que dá por aí mesmo, beleza?

Te convenci a se inscrever na minha newsletter (que vai continuar se chamando Aquele Clichê por motivos óbvios)? Então coloca seu nominho e e-mail logo abaixo que a partir dessa semana já vai ter um conteúdo novinho em folha chegando na sua caixa de entrada.




 


Quer mais? Vou listar abaixo as minhas newsletters favoritas e assim você pode entrar para o time dos viciados em receber updates que te fazem gastar uns bons 10 minutos de entretenimento despreocupado. Eu amei tanto essa onda que até criei uma categoria no meu e-mail chamada “The Perks of Being a Wallflower” pra arquivar todas as cartinhas que eu estou inscrito!

No Recreio, por Anna Vitória – Afinal, depois que você conhece essa pessoa maravilhosa que escreve muito e tem muito a dizer sobre tudo, você não se cansa de pedir por mais. Todos merecem uma Anna Vitória em suas caixas de e-mail.

I’m Not 12, por Irena Freiras – Só decidi que deveria escrever esse post após receber a incrível newsletter dela sobre Orguilho e Preconceio/500 Days of Summer/Hart of Dixie. Além das ilustrações fofas (já falei da Irena por aqui), é sempre um papo bem legal pra relaxar enquanto coloca a cuca pra pensar.

Me Deu Na Telha, por Analu Bussolar – O blog da Analu é um dos meus vícios secretos há meses, daqueles que você não espalha por que sente ciúmes, sabe? E agora tem a tal da newsletter, que eu já chorei de rir e me identifiquei muito com a primeira que recebi. Also, já até troquei uns e-mails com a fofa.

Já posso começar a te mandar foto de gatinho fofo, inclusive da minha? Espero que sim! Te vejo por lá! 😉
GOSTOU? COMPARTILHE O POST:
Enaltecendo a cultura pop desde 2014

Layout por Young Design | Programação por iDVisual Design
BOP TO THE TOP!