02/11/2015
por Douglas Vasquez
comentários

Já tem um bom tempo desde que eu conheci a escritora Carolina Munhóz, que é natural daqui da minha cidade, o que tornou tudo mais incrível (e eu vou contar tudo sobre o nosso primeiro encontro, em 2013, em outro post). Me envergonho em dizer que esse é apenas o segundo livro dela que eu leio, apesar dela ter mais três publicados – entre eles um em parceria com a Sophia Abrahão.

Eu estou devendo um post sobre o lançamento do livro “Por Um Toque de Ouro“, que aconteceu em Junho (!!!!!), há muito tempo e eu prometo que vai sair até o fim do ano (com um vídeo de bônus) contando tudinho como foi o nosso reencontro. Ah, quem me acompanha no Instagram já viu o recadinho que ela deixou para todos vocês, mas caso não tenha visto, vou colocar aqui embaixo. 

Este é o primeiro livro da trilogia “Trindade Leprechaun“, que ela está publicando a partir do selo Fantástica, da Editora Rocco, sua nova casa. Em “Por Um Toque de Ouro“, Emily O’Connel é uma garota muito rica e popular de Dublin, na Irlanda. Herdeira de uma marca de sapatos muito famosa no mundo, a O’C e detentora de uma sorte inexplicável até então, ela descobre que tem sangue Leprechaun correndo em suas veias.

A sua sorte não é obra do acaso afinal. Ela não é anã e não tem uma barba gigantesca como diz as lendas sobre os seres mágicos e também não usa sapatos com fivela. As peças de sua árvore genealógica vão se encaixando quando ela começa a investigar sobre a sua própria vida, ao lado de um americano (que também tem o mesmo dom) e se vê de repente no meio de uma batalha para provar a própria capacidade.

duplo

A escrita da Carolina é leve e ela abusa dos bordões jovens atuais. Os personagens da história são bem construídos e envolventes, deixando a leitura fluída, fazendo com que você se pegue lendo vários capítulos em pouco tempo.

O livro é curto, mas isso não o torna um problema, aliás, não encontrei nenhum problema durante a leitura, que nos é presenteada com uma interatividade a mais com o leitor através de relatórios da secreta “organização que controla os dados Leprechauns” entre um capítulo e outro. Aparentemente alguém vem roubando o “pote de ouro” desses seres mágicos e a ameaça pode estar mais próxima da garota do que se imagina.

A capa do livro é absolutamente impecável e bem ilustrada, a Carolina me contou que encontrou a imagem da garota aleatóriamente e que imediatamente insistiu para que ela se tornasse ruiva e estivesse em destaque. E realmente, descreve perfeitamente como é a personagem principal. A diagramação é padrão Rocco e com um acabamento mais “realeza” na abertura dos capítulos, o cuidado com o material é incrível. Também temos uma pequena olhada na logo da marca O’C, que marca a transição de cenas dentro dos capítulos da história.

Com várias reviravoltas e momentos surpreendentes, a Carol se superou ao escrever um outro tipo de personagem, que não fadas, e me deixou super empolgado e curioso para a continuação da história – que só sai em 2016 :[.

Mais pra frente eu prometo um sorteio com itens do livro que a própria Carolina disponibilizou para o blog! Ah, tem mais fotos no meu Flickr, já conferiu?

Quem quiser me seguir nas redes sociais:

Facebook ☁ Twitter ☁ Youtube ☁ Instagram ☁ Tumblr 

GOSTOU? COMPARTILHE O POST:
Enaltecendo a cultura pop desde 2014

Layout por Young Design | Programação por iDVisual Design
BOP TO THE TOP!